quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

275 VAGAS EM CURSO DE IDIOMAS

ONG Pierre Bourdieu abre 275 vagas em cursos de inglês, francês e espanhol. As inscrições vão até esta sexta-feira, dia 26. Leia mais em: www.uneb.br/2011/02/18/ong-pierre-bourdieu-abre-275-vagas-em-cursos-de-ingles-frances-e-espanhol/

Curso Gratuito de Libras

Os interessados devem preencher ficha de inscrição e apresentá-la na sala de recursos multifuncionais da Escola Estadual Visconde de Itaparica, no bairro do Cabula, em Salvador.
Professora: Juliana Deiró
(Graduanda em Letras/Libras da Universidade Federal da Bahia)
Com certificado e apostilas.
Horário: Segunda à quinta de 19hs às 21hs.
Inscrições: De 14/02 a 26/02 (Sala de Recursos Multifuncionais)
Início das aulas: 14/03
Local: Escola Estadual Visconde de Itaparica
E-mail: juliana_deiro@yahoo.com.br

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Cursos Online e Gratuitos!

Com a correria da era moderna e a crescente demanda de informações, torna-se muito difícil dedicar tempo á cursos e especializações. Foi pensando nisso que diversas empresas e entidades estão criando ambientes de mini-cursos á Distância. Na maioria deles, basta se cadastrar e reservar algumas horas por semana para fazer o curso. Além de trazerem conhecimento e especialização, a maioria deles permite a impressão de certificado que pode enriquecer o currículo e até são aceitos em algumas Universidades como hora complementar. Seguem alguns sites de cursos online gratuitos, aproveite!


terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

CURSO PRÉ-VESTIBULAR GRATUITO

A FUNDAÇÃO GAPECC ABRE VAGAS PARA O SEU CURSO PRÉ-VESTIBULAR GRATUITO 2011


VAGAS EXCLUSIVAS PARA ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO

NÃO PERCA ESTA OPORTUNIDADE, A UNIVESIDADE PÚBLICA PERTENCE A VOCÊ.

CORRA ATRÁS DA SUA VAGA!

DATA: 21 a 24 de Fevereiro de 2011

LOCAL : COLÉGIO ESTADUAL MANOEL DEVOTO
Rua Osvaldo Cruz, s/n. Rio Vermelho. Ponto de referencia: Bom Preço, próximo ao Quartel de Amaralina.

HORÁRIO: 13:30 ás 18:00h

OBS: Levar RG e comprovante de residência (conta de luz) – Original e cópia.

NÃO COBRAMOS NENHUM TIPO DE TAXAS NEM MENSALIDADES.

Informações: http://www.gapecc.community.officelive.com/, Comunidade no Orkut: GAPECC

Telefones para contato: 8207-5704, 8718-9901, 8634-5757, 8263-4209, 8275-1657, 8219-1572

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Congresso Diversidades e (Des)Igualdades

De 07 a 10 de agosto, acontecerá no campus de Ondina da Universidade Federal Bahia (UFBA) o XI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. O evento, pela primeira vez em Salvador, tem como tema as "Diversidades e (Des)Igualdades", que serão discutidos em 11 eixos temáticos.

Durante o evento, especialistas em Ciências Sociais e Humanidades de diversos países – especialmente Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Portugal e Brasil – estarão reunidos para debater a diversidade e complexidade de suas sociedades, privilegiando um enfoque comparativo e confronto de diferentes perspectivas teóricas e metodológicas.

A comissão organizadora desta edição do congresso é composta por pesquisadores de todas as universidades públicas da Bahia, e coordenada pelo Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) da UFBA.

XI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais
Quando: 07 a 10 de agosto de 2011.
Onde: Campus de Ondina – UFBA.
Quanto: R$ 40,00 a R$ 120,00, a depender da modalidade, até o dia 15 de fevereiro. Após esta data, os valores serão reajustados.
Inscrições e mais informações: http://www.conlab.ufba.br/
Tel (0xx71) 3322-6742 / Fax (0xx71) 3322-8070 - E-mail: ceao@ufba.br - Site: www.ceao.ufba.br

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Só não consegue quem não quer...

É muito fácil cruzar os braços diante dos problemas da vida, é muito cômodo culpar os outros, o governo pelo nosso próprio fracasso, mas difícil mesmo é ignorar os desafios da vida e batalhar em busca de sonhos! Foi isso que fez Mona Lisa Nunes de Souza, 23 anos, ex-moradora de rua e atual estudante do curso de História da UFBA! Como isso foi possível? Leia mais no Jornal Correio. Apesar de ter mãe drogada e irmã prostituta, ela não quis ter o mesmo destino. Exemplos como esse mostram a capacidade do ser humano de superação e realização pessoal. Assim, caro leitor, não desista de seus sonhos.

"Desculpas nobres não justificam atitudes pobres" (Autor desconhecido)

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Cursos de Extensão na Escola de Música da UFBA

A Escola de Música da UFBA prorrogou as inscrições para os cursos de extensão até o dia 15 de fevereiro para algumas oficinas (básico de piano, baixo, guitarra, cavaquinho, regência, trombone e trompete). Para o curso básico de Canto ainda pode-se inscrever até a próxima quinta-feira (dia 10 de fevereiro). Os demais (canto, sax, flauta e violão) ainda têm vagas abertas até quarta-feira (9 de fevereiro).
 Mais informações pelos telefones 3283-7885/7892 ou no site.

Curso de Inglês e Francês pelo NEC

O Núcleo de Estudos Canadenses (NEC) do Campus I da UNEB, em Salvador, abre inscrições, a partir do dia 7 de fevereiro, para as novas turmas dos cursos de inglês e francês.Estão sendo disponibilizadas 130 vagas distribuídas para os níveis básico I de inglês e de francês e inglês instrumental.

Mais informações no site ou pelo telefone: 3117-2303.

Curso de massoterapia social com certificado

A Universidade Estadual da Bahia, UNEB, promove curso de massoterapia com direito a certificado que proporciona a atuação no mercado de trabalho, os interessados devem comparecer ao campus do Cabula com urgência, pois foram disponibilizadas apenas 20 vagas. O cursos será realizado em três dias, 12 a 14 deste mês. O investimento é de R$ 50. Interessados devem ligar para 31172476 ou acessar o link.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

PORQUE ESTUDAR LÍNGUA PORTUGUESA???

Recentemente, ouvi relatos num mini-curso que me causaram profunda inquietação. Tratava-se de falas de educandos de realidades diferentes, mas que questionavam o mesmo assunto: estudar ou não estudar português? O primeiro, oriundo obviamente de escola pública, disse: “pra que estudar português se vou continuar roubando carros?”, o segundo, de uma escola abastarda manifestou-se: “pra que estudar português se vou herdar tudo do meu pai?”.


Realidades diferentes, mas que se debruçam na mesma problemática: estudar português não tem valor prático. Esse é o conceito da maioria de nossos educandos, sejam eles da classe alta, média ou baixa. Vivemos numa sociedade altamente imediatista, na qual a maioria das pessoas, sobretudo os jovens, acredita que tudo deve trazer um benefício ou lucro imediato, pensamento este resultante da lógica capitalista. Não há sentido estudar português se isso não me fará mais rico ou não me ajudará em minha vida prática. E na verdade... eles estão certos!

Não me refiro ao fato de estudar ou não português para roubar carros ou ser herdeiro de pai rico. Não! Refiro-me ao fato de ter de me debruçar sobre uma atividade que não tem valor prático e, portanto, não faz sentido. Só há, porém, a necessidade de corrigir a problemática: estudar ou não GRAMÁTICA? Agora sim, a pergunta faz sentido.

Mas talvez se pergunte: estudar Português e estudar Gramática não é a mesma coisa? Na verdade não! Português e Gramática são coisas diferentes e é neste equivoco que se encerra a grande resistência de nossos educandos com a matéria língua portuguesa.

Língua e Gramática não são a mesma coisa, a gramática faz parte da língua, mas não é imprescindível para o bom uso dela. Assim estudar análise morfológica (classes e formação de palavras) ou sintática (sujeito, predicado, adjunto averbial, etc.) não fará com que meu educando produza bons textos ou saiba adequar sua linguagem aos diversos contextos sócio-comunicativos, pelo contrário, só causa tédio e, por vezes, sentimentos de inutilidade diante da complexidade de muitos assuntos, como demonstrado nas opiniões citadas no início deste ensaio.

Essa descoberta não é nova. Diversos autores já falaram e demonstraram em excelentes trabalhos a ineficiência do ensino da gramática em formar bons usuários da língua. Dentre eles estão: Marcos Bagno (Dramática da Língua Portuguesa, Preconceito linguístico), Maria Helena de Moura Neves (Gramática na Escola), Mario Perini (Para uma Nova Gramática do Português), Sírio Possenti (Por que ( Não ) Ensinar Gramatica na Escola), entre outros.

Então por que continuamos a insistir nesta atividade despropositada? Uma das razões é a questão da tradição. Acostumamos-nos com tal forma de ensino durante séculos que a resistência á mudança é sempre muito forte. A escola, tanto pública como particular, está acostumada ao estudo gramatiqueiro, possuindo inúmeros programas de estudo baseados na gramática, que não é por acaso chamada de tradicional.

Na verdade, é necessário que as aulas de língua portuguesa, tornem-se verdadeiramente AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA, e não aulas de gramática. É necessário haver um ensino reflexivo, baseado no uso e não em regras que não possuem nenhuma relação com a realidade.A maioria dos exemplos utilizados na gramática fazxem referências a escritores da literatura nacional ou lusitana, mas a peregunta é: quero treinar escritores literários ou bons usuários da linguagem do dia-a-dia? Não escrevemos com a linguagem dos sonetos ou dos romances literários, escrevemos atas, resumos críticos, e-mails comerciais, etc. e é nesses gêneros textuais que reside a dificuldade dos nossos alunos.

Fiquem atentos, em postagens futuras, trarei algumas sugestões de aulas, técnicas e dinâmicas que tornarão as aulas de língua mais enriquecedoras. Até a próxima!